terça-feira, 24 de setembro de 2013

LEVE

Sem saber por quê, sentindo-me leve!
Que se eleve em mim
Esse meu leve sim.
Que a vida, transbordando em alegrias, paz e fé
Faz,  dentro de mim, balé.
E esse meu íntimo pueril dançar,
Num ritmo dissolutamente breve,

As voltas que a vida, em nós, dá.


Isaías Ehrich

Nenhum comentário:

Postar um comentário